Guia de nutrição da nova mamãe após o parto

Guia de nutrição da nova mamãe após o parto Por 9 meses, a comida que você comeu abasteceu você e seu bebê. Mas depois de dar à luz, sua dieta passa a ser tão importante quanto na gravidez. Ajuda a recuperar o seu corpo e te fornece a energia que necessita para cuidar do seu filho e também amamentá-lo. Conheça as suas necessidades nutricionais para se manter saudável enquanto cria o seu bebê. Quanto devo comer? Em meio a tantas novas atribuições como amamentar, acordar a noite, arrumar a casa, receber as visitas que querem levar um presente para o recém-nascido entre outras funções você acaba por gastar mais calorias que o habitual. Nos meses após o parto, a maioria das novas mamães precisa de 1.800 a 2.200 calorias por dia.  Se você está abaixo do peso, treina mais de 45 minutos por dia ou está amamentando mais de um bebê, esse número pode ser maior. Converse com seu médico para descobrir a quantidade certa para você e para determinar a continuação da suplementação de vitaminas. Nutrientes que você precisa Mesmo que você não esteja “comendo por dois”, seu corpo precisa restaurar muitos nutrientes importantes. A cada refeição, preencha metade do prato com frutas e vegetais. A outra metade deve incluir grãos inteiros como arroz integral, pão integral ou aveia. Tente limitar os alimentos e bebidas embalados e processados ​​com alto teor de sal, gordura saturada e açúcares extras. Você também precisa obter o suficiente de: Proteína: alimentos como feijão, frutos do mar, carnes magras, ovos e produtos de soja são ricos em proteínas, que ajudam seu corpo a se recuperar do parto. Procure comer cinco porções por dia, ou sete se estiver amamentando. Cálcio: você precisará de 1.000 miligramas - cerca de 3 porções de laticínios com baixo teor de gordura - por dia. Ferro: este nutriente ajuda seu corpo a produzir novas células sanguíneas, o que é especialmente importante se você perdeu muito sangue durante o parto. A carne vermelha e as aves são ricas em ferro. Tofu e feijão também. Quer você coma carne ou se torne vegetariana, a necessidade diária para mulheres que amamentam é 9 mg por dia para mulheres com 19 anos ou mais e 10 mg por dia para adolescentes. Se você teve gêmeos, tem um problema de saúde ou é vegana, verifique com seu médico. Você pode precisar de um suplemento para obter a nutrição certa. Aproveite quando colocar o bebê para dormir ou cochilar durante o dia com um lindo pijama infantil, para também descansar ou tirar um cochilo. Quer perder o peso do bebê? A maioria das novas mamães perde cerca de 4,5 quilos de peso do bebê a cada mês. Você pode ficar tentada a fazer dieta para acelerar o processo, mas isso não é uma boa ideia. Se você ingerir menos de 1.800 calorias, verá uma queda drástica em seu nível de energia e humor. Se estiver amamentando, você também pode prejudicar seu bebê se não comer o suficiente. A melhor coisa a fazer é manter um plano alimentar saudável e balanceado e começar a se exercitar quando o médico disser que está tudo bem. Geralmente, você pode iniciar um programa de caminhada após cerca de 6 semanas. Vá devagar e volte gradualmente à sua rotina de exercícios pré-bebê. Alimentos a evitar Se você estiver amamentando, os alimentos que você ingere podem passar para o bebê por meio do leite. Seja cuidadosa com: Álcool: os especialistas têm opiniões diferentes sobre o quanto (se houver) é seguro para um bebê. Converse com seu médico sobre o que é certo para você. Cafeína: Beba mais de 3 xícaras de café ou refrigerante por dia e você pode perturbar o sono do seu bebê. Alguns peixes: atum, cação, peixe espada são ricos em mercúrio, uma toxina que é prejudicial ao seu bebê, portanto, evite-os. O mercúrio ingerido pela mãe através da alimentação passa pela placenta para o bebê e isso pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebê. Outros fundamentos de nutrição Mantenha lanches saudáveis à mão - Se você tem vegetais frescos e frutas lavadas e prontas para ir na geladeira, provavelmente vai pegá-los em vez de batatas fritas ou biscoitos. Fique hidratada - Procure tomar 6 a 10 copos de água por dia, esteja você amamentando ou não. Você também pode beber leite e suco de frutas. Peça a amigos para cozinhar para você - Quando seus entes queridos perguntarem como podem ajudar, sugira que tragam um prato saudável para você. Nas primeiras semanas após o parto, você pode estar cansada demais para cozinhar. Gostou do texto? Deixe seu comentário e compartilhe esse artigo em suas redes sociais.

Por 9 meses, a comida que você comeu abasteceu você e seu bebê. Mas depois de dar à luz, sua dieta passa a ser tão importante quanto na gravidez. Ajuda a recuperar o seu corpo e te fornece a energia que necessita para cuidar do seu filho e também amamentá-lo.

Conheça as suas necessidades nutricionais para se manter saudável enquanto cria o seu bebê com este Guia de nutrição da nova mamãe após o parto.

Quanto devo comer?

Em meio a tantas novas atribuições como amamentar, acordar a noite, arrumar a casa, receber as visitas que querem levar um presente para o recém-nascido entre outras funções você acaba por gastar mais calorias que o habitual.

Nos meses após o parto, a maioria das novas mamães precisa de 1.800 a 2.200 calorias por dia.  Se você está abaixo do peso, treina mais de 45 minutos por dia ou está amamentando mais de um bebê, esse número pode ser maior. Converse com seu médico para descobrir a quantidade certa para você e para determinar a continuação da suplementação de vitaminas.

Nutrientes que você precisa

Mesmo que você não esteja “comendo por dois”, seu corpo precisa restaurar muitos nutrientes importantes.

A cada refeição, preencha metade do prato com frutas e vegetais. A outra metade deve incluir grãos inteiros como arroz integral, pão integral ou aveia. Tente limitar os alimentos e bebidas embalados e processados ​​com alto teor de sal, gordura saturada e açúcares extras.

Você também precisa obter o suficiente de:

  • Proteína: alimentos como feijão, frutos do mar, carnes magras, ovos e produtos de soja são ricos em proteínas, que ajudam seu corpo a se recuperar do parto. Procure comer cinco porções por dia, ou sete se estiver amamentando.
  • Cálcio: você precisará de 1.000 miligramas – cerca de 3 porções de laticínios com baixo teor de gordura – por dia.
  • Ferro: este nutriente ajuda seu corpo a produzir novas células sanguíneas, o que é especialmente importante se você perdeu muito sangue durante o parto. A carne vermelha e as aves são ricas em ferro. Tofu e feijão também. Quer você coma carne ou se torne vegetariana, a necessidade diária para mulheres que amamentam é 9 mg por dia para mulheres com 19 anos ou mais e 10 mg por dia para adolescentes.

Se você teve gêmeos, tem um problema de saúde ou é vegana, verifique com seu médico. Você pode precisar de um suplemento para obter a nutrição certa.

Aproveite quando colocar o bebê para dormir ou cochilar durante o dia com um lindo pijama infantil, para também descansar ou tirar um cochilo.

Quer perder o peso do bebê?

A maioria das novas mamães perde cerca de 4,5 quilos de peso do bebê a cada mês. Você pode ficar tentada a fazer dieta para acelerar o processo, mas isso não é uma boa ideia. Se você ingerir menos de 1.800 calorias, verá uma queda drástica em seu nível de energia e humor. Se estiver amamentando, você também pode prejudicar seu bebê se não comer o suficiente.

A melhor coisa a fazer é manter um plano alimentar saudável e balanceado e começar a se exercitar quando o médico disser que está tudo bem. Geralmente, você pode iniciar um programa de caminhada após cerca de 6 semanas. Vá devagar e volte gradualmente à sua rotina de exercícios pré-bebê.

Alimentos a evitar

Se você estiver amamentando, os alimentos que você ingere podem passar para o bebê por meio do leite. Seja cuidadosa com:

  • Álcool: os especialistas têm opiniões diferentes sobre o quanto (se houver) é seguro para um bebê. Converse com seu médico sobre o que é certo para você.
  • Cafeína: Beba mais de 3 xícaras de café ou refrigerante por dia e você pode perturbar o sono do seu bebê.
  • Alguns peixes: atum, cação, peixe espada são ricos em mercúrio, uma toxina que é prejudicial ao seu bebê, portanto, evite-os. O mercúrio ingerido pela mãe através da alimentação passa pela placenta para o bebê e isso pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebê.

Outros fundamentos de nutrição

  • Mantenha lanches saudáveis à mão – Se você tem vegetais frescos e frutas lavadas e prontas para ir na geladeira, provavelmente vai pegá-los em vez de batatas fritas ou biscoitos.
  • Fique hidratada – Procure tomar 6 a 10 copos de água por dia, esteja você amamentando ou não. Você também pode beber leite e suco de frutas.
  • Peça a amigos para cozinhar para você – Quando seus entes queridos perguntarem como podem ajudar, sugira que tragam um prato saudável para você. Nas primeiras semanas após o parto, você pode estar cansada demais para cozinhar.

Gostou deste guia de alimentação completo? Deixe seu comentário e compartilhe esse artigo com todas que precisam de Guia de nutrição da nova mamãe após o parto e que em breve vai precisar também saber como cuidar de crianças, pois os bebês crescem rapidinho.

Leia: Detox Caps emagrece mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *