Infidelidade

como-saber-se-estou-sendo-traida

Vocês já foram traídos, queridos leitores? Tenho certeza que eles traíram. É por isso que você demonstrou interesse neste artigo, certo? E agora você quer saber como pode viver, com a dor em sua alma que está experimentando e que o assombra. No entanto, é bem possível que você mesmo tenha traído alguém e, por causa disso, agora carregue um fardo pesado na alma, do qual deseja se livrar. Você quer saber o que é ser traído, quer entender como a pessoa que foi traída se sente, quão forte é sua dor. E você com certeza vai descobrir sobre isso, porque neste artigo eu vou te contar tudo o que eu mesmo sei sobre traição. E eu sei muito sobre ele, acredite em mim. Traição é algo que encontrei repetidamente em minha vida, não apenas como um especialista, mas também como uma pessoa que foi cruelmente traída várias vezes. Portanto, vou compartilhar com você não apenas meu conhecimento sobre traição, mas também meus sentimentos. Infelizmente, a traição é parte integrante de nossa vida. Pessoas traíram, traíram e, aparentemente, continuarão a se trair no futuro. E se for assim, então é bastante óbvio que a pessoa deve ser capaz de viver com a traição, independentemente de você ter traído ou traído você. A traição deve ser tratada com compreensão, para não envenenar a alma e envenenar a vida. Vamos, amigos, descobrir o que é traição e ver como vocês podem conviver com isso. independentemente de você ter traído você ou traído. A traição deve ser tratada com compreensão, para não envenenar a alma e envenenar a vida. Vamos, amigos, descobrir o que é traição e ver como vocês podem conviver com isso. independentemente de você ter traído você ou traído. A traição deve ser tratada com compreensão, para não envenenar a alma e envenenar a vida. Vamos, amigos, descobrir o que é traição e ver como vocês podem conviver com isso.

 

Para algumas pessoas que passaram pela dor da traição em sua própria pele, é muito difícil entender por que as pessoas geralmente se traem, por que agem com outras pessoas da maneira que não gostariam de ser tratadas. Por outro lado, as próprias pessoas que traíram alguém às vezes procuram desculpas para seu ato traiçoeiro e, via de regra, encontram. Você pode entender, e acho que é necessário, de ambos. Afinal, somos todos humanos, o que significa que nem todos somos sem pecado. Mas para entender outra pessoa, mesmo um devoto, mesmo um traidor, é preciso tentar se ver nela. Procurei desvendar o tema da traição com o máximo de detalhes possível, dada a sua importância, e tenho certeza que consegui. Portanto, você certamente se beneficiará com a leitura deste material, pode ter certeza disso. Quero dizer a vocês, amigos, que por acaso trabalhei como aquelas pessoas, que foram traídos, às vezes muito cruelmente, e com aqueles que uma vez traíram alguém. E na maioria dos casos, ambos sofrem traição. Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! e às vezes muito cruelmente, e com aqueles que uma vez traíram alguém. E na maioria dos casos, ambos sofrem traição. Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! e às vezes muito cruelmente, e com aqueles que uma vez traíram alguém. E na maioria dos casos, ambos sofrem traição. Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! quem ele mesmo uma vez traiu alguém. E na maioria dos casos, ambos sofrem traição. Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! quem ele mesmo uma vez traiu alguém. E na maioria dos casos, ambos sofrem traição. Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! Na verdade, no fundo, todos nós entendemos que algumas ações, independentemente de nossa atitude em relação a elas, não são, digamos, necessárias nesta vida, que façam mais mal do que bem. Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! Pense em quantos problemas poderíamos evitar se pensássemos nas consequências de nossas ações. Afinal, os traidores nem sempre se beneficiam de suas ações traiçoeiras, pelo contrário, muitas vezes sofrem com elas, pois as consequências dessas ações podem ser terríveis para todos. E se esses traidores fossem um pouco mais prudentes, eles não trairiam outras pessoas, especialmente as pessoas próximas a eles e pessoas a eles devotadas. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! eles não trairiam outras pessoas, especialmente aqueles próximos a eles e pessoas dedicadas a eles. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos! eles não trairiam outras pessoas, especialmente aqueles próximos a eles e pessoas dedicadas a eles. Depois de trair os outros, frequentemente traímos a nós mesmos!

A traição pode levar a muitas consequências negativas, que nem sempre acontecem e nem todos são capazes de lidar. Portanto, acredito que quando alguém trai alguém, está cometendo um grande mal. Eu vi esse mal, trabalhei com esse mal, tirei as pessoas leais dos estados mais terríveis em que estavam devido à dor que estavam experimentando. As pessoas sofrem muito, muito quando são traídas, talvez não todas, mas muitas, com certeza. Portanto, minha atitude em relação à traição é extremamente negativa. Bem, o que posso dizer, algumas pessoas devotadas até envelhecem por vários anos, por causa do estresse que experimentaram, enquanto o próprio traidor é freqüentemente forçado a viver com culpa pelo resto de sua vida. Então, amigos, traindo outras pessoas, podemos tirar-lhes vários anos de vida, e para quê, para que tais benefícios, para qual benefício? Não acho que cagar na alma de outra pessoa seja muito lucrativo, eu, em qualquer caso, não conheci na minha vida traidores felizes que construíram grande felicidade no infortúnio de outra pessoa. Bem, vamos lidar com esse problema com mais detalhes.

O que é traição?

Muitos de nós sabemos muito bem quanta dor, que sofrimento incrível e que danos a traição de alguém pode causar a uma pessoa, ou, em todo caso, adivinha. Isso é especialmente conhecido por aqueles que já foram traídos pelo menos uma vez na vida. Mas poucas pessoas sabem o que é traição. Nossas experiências e nossa dor não nos dão uma resposta a perguntas simples e naturais: “por quê?”, “Por quê?” e para quê?” fomos traídos? Você sabe o que é mais interessante? Freqüentemente, os próprios traidores não sabem disso!

A traição é uma violação da lealdade a alguém ou o não cumprimento de um dever para com alguém. Pelas leis morais e éticas da sociedade, a traição e os traidores são condenados, assim como a maioria das religiões, consideram os atos traiçoeiros um pecado, uma violação de um tabu. Os traidores realmente fazem um grande mal quando traem alguém, porque com suas ações traiçoeiras eles destroem os fundamentos morais e éticos sobre os quais nossa sociedade está construída. Eles destroem a confiança das pessoas umas nas outras. Na verdade, em qualquer sociedade, aderimos a certas regras e normas por uma razão, não porque queremos apenas observar algumas regras que nos limitam em nossas ações, mas para que essa mesma sociedade exista. Se não seguirmos certas regras, toda a ordem em nossa sociedade será violada e virá o caos totalmente destrutivo. Honestidade e lealdade são as leis para manter a ordem na sociedade, e quando um traidor viola essas leis, ele as viola, a sociedade, a estabilidade e a estabilidade. Traidores – mate a confiança, não apenas em você, mas em todos os outros. Sendo devotados uma vez, começamos a ver uma pegadinha em tudo, já temos medo de confiar em alguém por completo e de revelar nossa alma a alguém, nossa vida se torna mais fechada, as pessoas em nossa sociedade se tornam mais fechadas, mais estranhas e hostis a uns aos outros. Esse é o mal que os traidores fazem, é o quanto eles prejudicam nossa sociedade. Eles, de fato, o destroem, prejudicando a si mesmos. sociedade, estabilidade e sustentabilidade. Traidores – mate a confiança, não apenas em você, mas em todos os outros. Sendo devotados uma vez, começamos a ver uma pegadinha em tudo, já temos medo de confiar em alguém por completo e de revelar nossa alma a alguém, nossa vida se torna mais fechada, as pessoas em nossa sociedade se tornam mais fechadas, mais estranhas e hostis a uns aos outros. Esse é o mal que os traidores fazem, é o quanto eles prejudicam nossa sociedade. Eles, de fato, o destroem, prejudicando a si mesmos. sociedade, estabilidade e sustentabilidade. Traidores – mate a confiança, não apenas em você, mas em todos os outros. Sendo devotados uma vez, começamos a ver uma pegadinha em tudo, já temos medo de confiar em alguém por completo e de revelar nossa alma a alguém, nossa vida se torna mais fechada, as pessoas em nossa sociedade se tornam mais fechadas, mais estranhas e hostis a uns aos outros. Esse é o mal que os traidores fazem, é o quanto eles prejudicam nossa sociedade. Eles, de fato, o destroem, prejudicando a si mesmos. em nossa sociedade, ele se torna mais fechado, mais estranho e hostil entre si. Esse é o mal que os traidores fazem, é o quanto eles prejudicam nossa sociedade. Eles, de fato, o destroem, prejudicando a si mesmos. em nossa sociedade, ele se torna mais fechado, mais estranho e hostil entre si. Esse é o mal que os traidores fazem, é o quanto eles prejudicam nossa sociedade. Eles, de fato, o destroem, prejudicando a si mesmos.

Você pode trair de maneiras diferentes, você pode simplesmente enganar uma pessoa, então, você sabe, em ninharias, por exemplo, enganando-a na loja e, assim, violando sua confiança em si mesma. E você pode atropelar completamente a alma de uma pessoa, destruindo completamente seu mundo interior, por meio, por exemplo, da mesma traição. Seja como for, traição grande e pequena é uma facada nas costas, um golpe abaixo da cintura, este é sem dúvida um ato furtivo e muito cruel, decidindo sobre qual, um traidor cruza a linha além da qual suas qualidades humanas lentamente, mas certamente degradar … Todos nós sabemos a que levou a traição de Judas e, aparentemente, a humanidade nunca mudará para melhor neste sentido, as pessoas se traíram, em seu próprio detrimento, e continuarão a trair. Portanto, as seguintes ações podem ser consideradas uma traição:

  • Adultério.
  • Deixando um amigo / namorada em apuros.
  • Traição.
  • Pais abandonando seus filhos.
  • Apostasia (apostasia religiosa).

O significado de todas as ações acima se resume ao fato de que todas elas, de uma forma ou de outra, causam danos a alguém ou a alguma coisa. Na verdade, a própria palavra “trair”, segundo os dicionários, significa “violação da lealdade a alguém ou a alguma coisa, e também esta palavra significa – deixar ou entregar alguém”. Ou seja, esse fenômeno está associado à destruição. Destruímos o mundo exterior quando traímos alguém ou algo, e destruímos o mundo interior para a pessoa a quem traímos. Os traidores, sem dúvida, piorarão nossas vidas e destruirão a beleza deste mundo. Mas eles tornam as pessoas traídas mais fortes e mais inteligentes, mas falaremos mais sobre isso mais tarde.

A coisa mais dolorosa que experimentamos é a traição de entes queridos, de quem simplesmente não esperamos um golpe nas costas. E como podemos esperar isso deles, porque as pessoas que amamos são aquelas em quem estamos acostumados a confiar. São pessoas em quem confiamos incondicionalmente e para as quais estamos prontos para tudo. São pessoas com letra maiúscula, para nós. E nós, é claro, esperamos deles uma atitude semelhante em relação a nós mesmos. Queremos ser correspondidos, queremos ter a certeza da fiabilidade daquelas pessoas que não nos são indiferentes e que nós próprios, mesmo no pensamento, não pretendemos trair. Mas este é precisamente o perigo para nós, reside no facto de não permitirmos a possibilidade de nos trair, pessoas próximas e amadas por nós. Nós próprios deixamos nossas costas desprotegidas, e isso de forma alguma deve ser feito,

A crueldade com que nossos entes queridos nos traem é, obviamente, incrível. No entanto, para algumas pessoas sem alma, a traição é a norma, não a selvageria, e devemos entender isso a fim de estarmos preparados para tal cenário em nossa vida. Afinal, eles podem trair cada um de nós, a qualquer momento. E é a nossa falta de vontade de trair que nos trai em primeiro lugar. Por exemplo, para uma esposa decente e honesta, a traição do marido pode ser um verdadeiro choque, porque ela, da parte dela, fez tudo pela família, pela casa, pelos filhos, se houver, e claro, pelos marido, e aqui está um tal golpe, tal crueldade. E parece que todos nós sabemos que quanto mais você faz o bem às pessoas, mais cruel elas podem nos fazer depois, nem tudo, é claro, uma pessoa razoável nunca cuspirá em sua alma aberta, mas muitas pessoas o farão, eles vão realmente trair o Togo, quem foi gentil com eles. Você sabe por quê? Porque a maioria das pessoas não é razoável. Eles são movidos por seus próprios, incluindo instintos predatórios, e não pelo bom senso. É por isso que as pessoas são difíceis de confiar. E, ao mesmo tempo, fazemos esse bem, fazemos a quem acreditamos, a quem amamos, por quem esperamos. Queremos acreditar que as pessoas ao nosso redor são razoáveis, sabemos perfeitamente que mais de noventa por cento das pessoas não são razoáveis, mas queremos que o percentual restante nos rodeie, acreditamos nisso porque queremos acreditar. No entanto, essa crença, os traidores em nós estão matando. Queremos acreditar que as pessoas ao nosso redor são razoáveis, sabemos perfeitamente que mais de noventa por cento das pessoas não são razoáveis, mas queremos que o percentual restante nos rodeie, acreditamos nisso porque queremos acreditar. No entanto, essa crença, os traidores em nós estão matando. Queremos acreditar que as pessoas ao nosso redor são razoáveis, sabemos perfeitamente que mais de noventa por cento das pessoas não são razoáveis, mas queremos que o percentual restante nos rodeie, acreditamos nisso porque queremos acreditar. No entanto, essa crença, os traidores em nós estão matando.

Portanto, a traição mais dura e cruel é a traição no amor, quando o egoísmo de uma pessoa mata os sentimentos mais brilhantes, puros e sinceros de outra pessoa. Se você é traído por seu ente querido, sabe como é doloroso, como é difícil, como é terrível. Depois de tal traição, a pessoa se encontra em um nocaute profundo, o mundo ao redor fica preto, confusão em sua cabeça, peso em sua alma e uma dor insuportável em seu coração, da qual você não sabe para onde ir. Muitos passaram por essa provação em suas vidas, e alguns ainda não passaram, porque os traidores sempre estiveram, estão e aparentemente estarão entre nós. E, portanto, alguém sempre sofrerá com sua insensibilidade, crueldade e falta de alma. Infelizmente, e em minha opinião, e felizmente, amor e traição sempre estarão inextricavelmente ligados.

Assim, os traidores, quando nos traem, nos vacinam contra a fraqueza, e se continuarmos a viver, graças a Deus, isso é exatamente o que acontece na maioria das vezes, ficamos muito mais fortes, mais espertos, mais sábios, mais protegidos das agressões externas de os traidores. … Se um rapaz sobreviveu à traição de sua namorada, ele não será mais o mesmo, sua visão do mundo, das pessoas e, em particular, das mulheres, vai mudar muito. Ele não vai necessariamente odiar todas as mulheres, ele não deveria fazer isso, só a partir de agora ele vai ser muito mais esperto e não vai deixar ninguém entrar em seu coração. O mesmo acontece com uma menina, uma mulher que foi traída por um homem: se ela se revelar esperta e compreender a lição que lhe foi dada, não deixará mais nenhum homem horrível que só pensa em sexo. Além disso, ela não permitirá que nenhum “Don Juan” se estabeleça em seu coração, em seguida, para quebrá-lo. A vida nos torna mais sábios se tirarmos conclusões da dor que experimentamos, e os traidores são nossos professores, eles nos ensinam a não confiar nas pessoas. É difícil, claro, viver sem confiar nas pessoas e, em princípio, é impossível fazer isso, temos que confiar em alguém. Mas, podemos ser mais prudentes e mais cuidadosos ao confiar nas pessoas, certo? Então, nesse sentido, a traição de um ente querido é até útil e necessária para nós e, pelo menos uma vez na vida, precisamos passar por essa prova para nos tornarmos sábios. podemos ser mais prudentes e mais cuidadosos em confiar nas pessoas, certo? Então, nesse sentido, a traição de um ente querido é até útil e necessária para nós, e pelo menos uma vez na vida, precisamos passar por essa prova para nos tornarmos sábios. podemos ser mais prudentes e mais cuidadosos em confiar nas pessoas, certo? Então, nesse sentido, a traição de um ente querido é até útil e necessária para nós, e pelo menos uma vez na vida, precisamos passar por essa prova para nos tornarmos sábios.

Somos traídos não só pelo nosso querido povo, mas também pelos nossos amigos, que habitualmente nos refletem, porque como dizem – diga-me quem é o seu amigo e eu direi quem você é. Portanto, os amigos devem ser escolhidos com muito cuidado e não ser amigos de qualquer pessoa, pois um amigo ou namorada pode acabar sendo um inimigo bem disfarçado. A traição de amigos é mais fácil de sobreviver, embora nos tire da rotina, embora cause grandes danos ao nosso mundo interior, ainda não esvazia completamente nossas almas, como é o caso do amor devotado. Amigos-traidores, depois de nos traírem, deixam-nos algo, deixam-nos a fé em nós próprios, privando-nos de esperança neles – nos nossos amigos e nas pessoas em geral. Neste mundo, uma pessoa deve confiar, antes de tudo, em si mesma, todas as outras pessoas que a cercam podem traí-la a qualquer momento, e às vezes de forma muito cruel. Mas para entender isso, alguns de nós temos que passar por isso. E quando nossos amigos nos traem, eles confirmam essa verdade com seu ato, ainda que nojento, mas muito instrutivo para nós. Portanto, queridos leitores, procurem não deixar seus amigos se aproximarem demais de vocês. Afinal, se a traição de um amigo ou a traição de um amigo foi uma surpresa para você, significa que você simplesmente não percebeu como você mesmo expôs suas costas ao golpe que eles, na linha da insensibilidade e da insignificância de sua alma pecaminosa, finalmente decidiu.

Tendo vivenciado a traição de pessoas próximas a você, você entenderá que não importa de que tipo de pessoa você está falando, não importa quem você seja, porque se essa pessoa não for inteligente, você pode esperar qualquer coisa dela, quando você quiser. Muitas vezes lidei com pessoas que foram traídas por seus próprios pais, filhos, esposas e maridos, melhores amigos e namoradas, outras pessoas muito próximas e aparentemente confiáveis ​​de quem se deveria esperar um ato traiçoeiro em último lugar. Mas, muitos, no entanto, decidem por esse ato, independentemente de quaisquer barreiras morais e éticas. É tudo sobre a fraqueza das pessoas. Pense por si mesmo, que tipo de fenômeno é esse – a traição de pessoas, por que isso ocorre em nossa vida? Não é uma manifestação de fraqueza, não só ela, é claro, mas ela também? É fácil trair alguém, sabe, é muito mais fácil do que não trair. Tudo,

O tema da traição em si sempre será relevante. É quanto tempo as pessoas vivem neste planeta, é quanto tempo elas se traem. Traição sempre foi, é e será, uma parte de nossa vida, não importa quão convencionalmente civilizada e desenvolvida seja esta vida. Porque, até o momento, em qualquer caso, não podemos educar e educar as pessoas, segundo um padrão comum para todos nós, para que o comportamento de cada pessoa, sem exceção, atenda tanto aos interesses da sociedade como um todo, quanto aos interesses da cada um de nós em particular. E as próprias pessoas, em sua maioria, ainda são, infelizmente, muito fracas e irracionais para prestar contas de todas as suas ações e assumir total responsabilidade por todas as suas ações. A lógica da maioria das pessoas é muito simples – sua camisa está mais próxima do corpo. Portanto, se for benéfico para uma pessoa trair alguém, pelo bem de sua própria pele, ela trairá.

Não importa que um por um nenhum de nós sobreviverá neste mundo, e não importa que uma má ação possa dar origem a toda uma série das mesmas más ações que tornarão a vida em sociedade muito difícil e perigosa para a maioria das pessoas. Essas verdades simples, nem todo mundo é capaz de entender e nem todo mundo quer entendê-las. Afinal, compreender essas verdades é uma responsabilidade que deve ser assumida. E ela é tão pesada. Enquanto as pessoas se sentem bem, elas fazem o que querem, mas quando se sentem mal, começam a fazer a coisa certa. Bem, agora falaremos com você sobre por que as pessoas geralmente se traem. Leia sobre isso abaixo.

Por que as pessoas se traem?

Ao longo de sua história, a humanidade passou por muitos sofrimentos, que, idealmente, deveriam ter se tornado lições úteis para cada um de nós, porque é preciso aprender com os outros e não com os seus erros! A história nos ensina como agir e como não, e nos explica com seus exemplos porque é impossível agir de uma determinada maneira. Mas, infelizmente, nenhum dos erros de nossos ancestrais e os sofrimentos por eles causados, não ensinou a humanidade como um todo, lembre-se de raciocinar, ela cometeu esses erros e continua a cometê-los. E acontece que muitos de nossos ancestrais sofreram em vão, porque estamos novamente pisando no mesmo ancinho em que eles pisaram. As pessoas têm se convencido repetidamente de que a traição é muito prejudicial para qualquer sociedade ordeira, que isso é mau, isso é um pecado e isso é óbvio. Por outro lado, qualquer sociedade normal não condenaria este fenômeno. E praticamente todo mundo o condena. E, no entanto, as pessoas continuam a se trair, fazem o mal sem pensar nas consequências, e elas, essas consequências, vêm sempre.

Bem, neste caso, vamos tentar descobrir por que as pessoas se traem, por que cometem atos traiçoeiros que podem prejudicar, incluindo a si mesmas. São vários os motivos que obrigam as pessoas a cometerem este ato terrível, insidioso, traiçoeiro e asqueroso – a traição.

1. Egoísmo . Sendo um egoísta terrível, uma pessoa pode trair qualquer um a qualquer momento. E note que não estamos falando de egoísmo saudável, no qual as pessoas sempre calculam as consequências de suas decisões, estamos falando de egoísmo infantil estúpido, imprudente e irresponsável, no qual uma pessoa em suas decisões procede exclusivamente de benefícios momentâneos e muitas vezes duvidosos.

2. Fraqueza . Como escrevi acima, fraco, em todos os sentidos da palavra, as pessoas estão sujeitas à traição. Falta de força de vontade, caráter fraco, baixo nível de desenvolvimento intelectual, pobreza espiritual e moral, por tudo isso, uma pessoa pode facilmente decidir trair para resolver alguns de seus problemas e / ou realizar alguns de seus desejos em detrimento de outras pessoas. Pessoas fracas procuram soluções fáceis para problemas difíceis, então traí-las é mais fácil do que não traí-las.

3. Desconhecimento . Quando uma pessoa não entende o que, por que e por que está fazendo, ela pode fazer tais coisas que ela mesma não ficará feliz com elas mais tarde. Agindo inconscientemente, uma pessoa age como se estivesse em um sonho, ela não entende nada, não controla nada, seu comportamento é primitivo, espontâneo, caótico e muitas vezes não corresponde ao bom senso. É claro que uma pessoa inconsciente pode facilmente trair qualquer pessoa a qualquer momento, mesmo os mais próximos e queridos dela, simplesmente por reagir de uma forma primitiva a alguma situação que conduz à traição. E o que é interessante, muitas vezes uma pessoa inconsciente nem mesmo entende o horror de seu ato traiçoeiro.

Deixe-nos agora, queridos leitores, considerar com você em mais detalhes as razões acima que empurram as pessoas no caminho da traição. Existem, é claro, outras razões pelas quais as pessoas se traem, mas essas são as razões que indiquei acima – eles, amigos, são os principais.

Egoísmo

Algumas pessoas, para seu próprio benefício, mesmo as mais insignificantes, estão prontas para tudo, não param por nada quando procuram satisfazer seus desejos e, portanto, podem trair qualquer pessoa, mesmo os mais próximos, para o seu próprio benefício. e seus interesses. Deve-se notar que pessoas egoístas são muito desagradáveis ​​e, geralmente, pessoas normais não se sentem confortáveis ​​com elas. Podemos encontrar egoístas e, portanto, traidores em potencial, em qualquer lugar, mas, para começar, seria mais correto prestar atenção a nós mesmos. Lembra-se de quantas vezes você negligenciou pessoalmente os interesses de outras pessoas, para seu próprio benefício? Aqui você precisa conseguir algo, aqui você quer algo, e você faz de tudo para realizar seu desejo, completamente sem pensar em como isso pode afetar as pessoas ao seu redor. Você não pensa sobre aquelas pessoas que, talvez, suas ações destinadas a satisfazer seus desejos podem de alguma forma prejudicar, causar desconforto, causar transtorno ou até mesmo dor, porque o principal para você são os seus próprios interesses e as outras pessoas – você não se importa com elas, absolutamente nada. Você já teve isso em sua vida? Agora, se você tinha algo assim em sua vida, era com você, então provavelmente você encontrou uma desculpa para seus atos egoístas, e com certeza, você estava inclinado a trair alguém, pelo menos em pensamento, a fim de conseguir algo por você mesmo ou algo para evitar, por exemplo, alguns problemas. Então, outras pessoas fazem o mesmo, pessoas egoístas, é claro. E tudo bem, se esses problemas, pelos quais estamos traindo alguém, fossem sérios quando se trata de vida ou morte, e quando um traidor tem que escolher – ele ou outra pessoa que pode ser traída, deve sofrer. Mas não, os egoístas traem mesmo sem uma necessidade especial e urgente deles neste ato, mas apenas por causa de seus próprios caprichos ou por causa de seus desejos imensos.

Portanto, algumas pessoas sempre traíram, traem e trairão umas às outras. E eles farão isso não apenas em situações difíceis e desesperadoras, quando se trata da vida pela qual, é claro, vale a pena lutar, e quando sua traição pode de alguma forma ser justificada. Eles farão isso sempre que acharem adequado. As pessoas também podem se tornar traidoras e, por causa de várias pequenas coisas insignificantes, podem se tornar traidoras em situações que são completamente inofensivas para elas, por causa de benefícios insignificantes e muitas vezes duvidosos. Estes são “pequenos”, pode-se mesmo dizer que são pequeninos miseráveis, e às vezes nulidades completas, incapazes de qualquer coisa boa e grande, mas capazes apenas de prejudicar outras pessoas. Esses são egoístas, não as criaturas mais agradáveis ​​deste mundo. Precisamos ter muito cuidado com essas pessoas, e não deixá-los chegar muito perto de nós, para depois não reclamar da sua insignificância e miséria, quando cinicamente nos traem na primeira oportunidade. Portanto, observe atentamente as pessoas ao seu redor e com quem pretende fazer negócios. Se você vê que eles são egoístas terríveis, que seu egoísmo infantil simplesmente sai de seus ouvidos, se eles são caprichosos, arrogantes, gananciosos, pensam apenas em si mesmos e cuspem em outras pessoas, mesmo nas pessoas mais próximas a eles – de forma alguma Nesse caso, não confie nessas pessoas egoístas. Você não pode confiar em ninguém nesta vida por completo, mas você não pode confiar ainda mais em egoístas, compare isso com suicídio ou masoquismo. que eles são egoístas terríveis, que seu egoísmo infantil apenas rasteja para fora de seus ouvidos se eles são caprichosos, arrogantes, gananciosos, pensam apenas em si mesmos e cuspem em outras pessoas, mesmo nas pessoas mais próximas a eles – em nenhum caso confie nessas pessoas egoístas . Você não pode confiar em ninguém nesta vida por completo, mas você não pode confiar ainda mais em egoístas, compare isso com suicídio ou masoquismo. que eles são egoístas terríveis, que seu egoísmo infantil apenas rasteja para fora de seus ouvidos se eles são caprichosos, arrogantes, gananciosos, pensam apenas em si mesmos e cuspem em outras pessoas, mesmo nas pessoas mais próximas a eles – em nenhum caso confie nessas pessoas egoístas . Você não pode confiar em ninguém nesta vida por completo, mas você não pode confiar ainda mais em egoístas, compare isso com suicídio ou masoquismo.

Além disso, falando do egoísmo como um fenômeno que leva as pessoas à traição, estou falando sobre o egoísmo infantil e doentio, e não sobre o egoísmo em geral, que é característico de todas as pessoas saudáveis. É que as pessoas com egoísmo saudável, entendem como seus interesses pessoais se entrelaçam com os interesses das outras pessoas, elas entendem que para uma vida normal, todos, ou pelo menos a maioria das pessoas, deveriam viver mais ou menos bem. Os egoístas saudáveis ​​são muito mais razoáveis, mais prudentes, mais sociais e benevolentes em suas vidas do que os egoístas irracionais. Eles sabem que, pensando apenas em si mesmos, alienam de si mesmos outras pessoas com quem poderiam contar, se necessário, com as quais poderiam construir relacionamentos mutuamente benéficos. Os egoístas saudáveis ​​são egoístas inteligentes e os egoístas doentios são crianças, para quem as ações traiçoeiras não são, não apenas algo imoral, mas também prejudiciais. Então, na realidade, somos todos egoístas, e isso é normal; é outra questão de quão saudável é nosso egoísmo e, como resultado, quão responsáveis ​​somos por nós mesmos e por nossas ações. Se estamos falando de uma pessoa inteligente que sabe como defender competentemente seus interesses pessoais, sem infringir significativamente os interesses de outras pessoas, então nessa pessoa é possível, embora não completamente, mas em grande medida, ter confiança , e tal pessoa, se ela trai, então em caso extremo. Mas de egoístas estúpidos que, como crianças, pensam apenas em si mesmos, é melhor ficar longe, ou, em qualquer caso, não confiar neles. e, como resultado, quão responsáveis ​​somos por nós mesmos e por nossas ações. Se estamos falando de uma pessoa inteligente que sabe como defender competentemente seus interesses pessoais, sem infringir significativamente os interesses de outras pessoas, então nessa pessoa é possível, embora não completamente, mas em grande medida, ter confiança , e tal pessoa, se ela trai, então em caso extremo. Mas de egoístas estúpidos que, como crianças, pensam apenas em si mesmos, é melhor ficar longe, ou, em qualquer caso, não confiar neles. e, como resultado, quão responsáveis ​​somos por nós mesmos e por nossas ações. Se estamos falando de uma pessoa inteligente que sabe como defender competentemente seus interesses pessoais, sem infringir significativamente os interesses de outras pessoas, então nessa pessoa é possível, embora não completamente, mas em grande medida, ter confiança , e tal pessoa, se ela trai, então em caso extremo. Mas de egoístas estúpidos que, como crianças, pensam apenas em si mesmos, é melhor ficar longe, ou, em qualquer caso, não confiar neles.

E aqui está o que mais é importante saber sobre a traição gerada pelo egoísmo. Todas as pessoas, de uma forma ou de outra, buscam o prazer, e cada pessoa, na medida de suas capacidades e dependendo do nível de seu desenvolvimento intelectual, desfruta de coisas diferentes, de coisas diferentes e em quantidades diferentes. Uma pessoa normal busca obter prazer de coisas e ações que melhoram sua vida, e uma pessoa estúpida obterá prazer prejudicando a si mesma, por exemplo, prejudicando sua saúde. Bem, você sabe, tabaco, álcool, drogas, sexo irresponsável com consequências ruins, tudo isso é prazer para pessoas estúpidas e geralmente pobres. Além disso, uma pessoa inteligente conhece nos prazeres, bem como nos seus desejos, a medida, aderindo a qual, ele não permite que esses prazeres prejudiquem a ele e sua vida. E também, ele não permite que seus prazeres prejudiquem aqueles ao seu redor, pessoas que lhe são queridas. Mas uma pessoa estúpida está pronta para colocar tudo no altar do prazer e para desfrutar indefinidamente até que tudo ao seu redor, incluindo ele mesmo, seja destruído. Como você provavelmente já adivinhou, estou falando sobre aqueles egoístas que, por uma questão de prazer, estão prontos para trair qualquer pessoa e qualquer coisa. E quanto mais egoísta uma pessoa é por natureza, mais importância ela atribui a todos os tipos de prazeres, para os quais muitas pessoas egoístas vivem. Portanto, com aqueles que desejam apaixonadamente se fazer muito bem, é preciso ficar de ouvidos atentos para que eles, pelo bem deles, não lhe façam mal. Mas uma pessoa estúpida está pronta para colocar tudo no altar do prazer e para desfrutar indefinidamente até que tudo ao seu redor, incluindo ele mesmo, seja destruído. Como você provavelmente já adivinhou, estou falando sobre aqueles egoístas que, por uma questão de prazer, estão prontos para trair qualquer pessoa e qualquer coisa. E quanto mais egoísta uma pessoa é por natureza, mais importância ela atribui a todos os tipos de prazeres, para os quais muitas pessoas egoístas vivem. Portanto, com aqueles que desejam apaixonadamente fazer-se muito bem, é preciso ficar de ouvidos atentos para que eles, por esse bem deles, não lhe façam mal. Mas uma pessoa estúpida está pronta para colocar tudo no altar do prazer e para desfrutar indefinidamente até que tudo ao seu redor, incluindo ele mesmo, seja destruído. Como você provavelmente já adivinhou, estou falando sobre aqueles egoístas que, por uma questão de prazer, estão prontos para trair qualquer pessoa e qualquer coisa. E quanto mais egoísta uma pessoa é por natureza, mais importância ela atribui a todos os tipos de prazeres, para os quais muitas pessoas egoístas vivem. Portanto, com aqueles que desejam apaixonadamente fazer-se muito bem, é preciso ficar de ouvidos atentos para que eles, por esse bem deles, não lhe façam mal. que, por uma questão de prazer, estão prontos para trair qualquer pessoa e qualquer coisa. E quanto mais egoísta uma pessoa é por natureza, mais importância ela atribui a todos os tipos de prazeres, para os quais muitas pessoas egoístas vivem. Portanto, com aqueles que desejam apaixonadamente fazer-se muito bem, é preciso ficar de ouvidos atentos para que eles, por esse bem deles, não lhe façam mal. que, por uma questão de prazer, estão prontos para trair qualquer pessoa e qualquer coisa. E quanto mais egoísta uma pessoa é por natureza, mais importância ela atribui a todos os tipos de prazeres, para os quais muitas pessoas egoístas vivem. Portanto, com aqueles que desejam apaixonadamente fazer-se muito bem, é preciso ficar de ouvidos atentos para que eles, por esse bem deles, não lhe façam mal.

Fraqueza

Muitas vezes as pessoas se traem por causa de sua fraqueza. E, acima de tudo, estamos falando sobre sua fraqueza espiritual, por causa da qual as pessoas simplesmente não podem, e muitas vezes não querem, corresponder à imagem de uma pessoa honesta, decente, responsável e forte em quem se pode confiar e em quem se pode confiar. . Ser forte não é fácil, mas ser fraco, ser uma escória, um traidor, é fácil. Pessoas fracas, muitas vezes são preguiçosas e ao mesmo tempo covardes, estão acostumadas a buscar soluções simples para problemas complexos e, portanto, quando é mais fácil para elas trair do que agir de outra forma, elas, não querendo se esforçar, traem. Uma pessoa fraca sempre encontrará uma desculpa para sua traição, ela dirá que não poderia fazer de outra forma. Por exemplo, ele não podia deixar de deixar sua jovem esposa com um filho, porque não estava pronto para ser pai. Uma mãe que abandonou seu filho posso dizer que foi forçada a fazer isso, pois as circunstâncias de sua vida se desenvolveram de tal forma que nem tanto para ela quanto para o filho, era mais correto se ela o deixasse. Em geral, você provavelmente já conheceu pessoas em sua vida que sempre encontram uma desculpa para seus atos repugnantes, o que não poderiam ter feito se tivessem a força de espírito e força de vontade, mas o fizeram, na ausência delas. Portanto, quando uma pessoa, em primeiro lugar – moral, espiritual e intelectualmente fraca, e em segundo lugar – fraca fisicamente, ela pode trair qualquer pessoa e em quase qualquer situação de emergência, ou mesmo apenas estressá-la. E então ele pode justificar a si mesmo e seu ato, aos seus próprios olhos, referindo-se à necessidade desse ato, à sua obrigação. Diga, nada mais, por causa das circunstâncias, ele não teve escolha a não ser trair alguém. Claro, uma pessoa não poderia fazer de outra forma, o que ela ainda tinha que fazer, ela fez o que tinha que fazer – ela traiu. Essas são todas as desculpas. Na vida, muitas vezes, esses “fracos”, então, pagam por suas ações traiçoeiras, pois qualquer fraqueza neste mundo, em qualquer caso, é punível. Estas são as leis da vida. Pessoas fracas não têm lugar nisso.

Os fracos são muito covardes, o que é natural para eles, e nem todos devemos nos esquecer disso. Pessoas moralmente, espiritualmente e intelectualmente fracas têm medo de muitas coisas nesta vida, e freqüentemente o medo as força a trair até mesmo aquelas pessoas em cuja traição elas não estão de todo interessadas. O medo, o inconsciente, o medo animal, antes de tudo, dá origem ao pânico, à histeria, ao caos na cabeça, por causa dos quais as pessoas escorregam para o estado animal e passam a agir exclusivamente instintivamente, sem nenhuma parcela do bom senso. Você entende que não é difícil trair em tal estado, é difícil não trair, senão impossível. Assim, as pessoas traem, agem apenas a partir de uma situação momentânea, sem levar em conta as consequências a que podem levar suas ações inconscientes, pois não se dão conta de suas ações. Então, se você ver

Inconsciência

A inconsciência, amigos, é outra, grande o suficiente, mas, no entanto, uma desvantagem natural para a maioria das pessoas, que as obriga a se trair. Uma pessoa inconsciente é um egoísta, um fraco e um canalha e, em geral, ele é uma pessoa irracional, o significado de cujas ações muitas vezes é incompreensível até para ele mesmo. Então ele comete tais ações, cujo significado ele simplesmente não consegue entender. Afinal, está longe de ser sempre que quem trai alguém recebe benefícios de seu ato, principalmente se partirmos das perspectivas de longo prazo, quando, depois de cuspir no poço, depois de um tempo voltamos a ele para obter bêbado. E, em geral, se falamos sobre a fraqueza e o egoísmo de uma pessoa, então essas qualidades dela estão diretamente relacionadas à sua irracionalidade, e a irracionalidade de uma pessoa está relacionada à sua inconsciência. Se uma pessoa não está ciente do que e por que está fazendo, se ele não leva em consideração as possíveis consequências de suas ações, tanto para si mesmo quanto para outras pessoas, se suas ações prejudicam, incluindo a si mesmo, então tal pessoa simplesmente não pode ser chamada de razoável. Como essa pessoa difere de, digamos, um gato? Sim, nada. Ele só tem mais funções e é mais complicado do que um gato e, portanto, nenhuma diferença. Bem, o que queremos de uma pessoa irracional que não percebe o que e por que está fazendo? Não são altas qualidades espirituais e morais? Vamos, criaturas primitivas, às quais algumas pessoas pertencem, ao seu e ao nosso pesar, a algo elevado e digno, para o qual uma pessoa pode ser chamada de pessoa, elas simplesmente não são capazes. Para eles, seus instintos animais primitivos são sua voz interior e servem como base para que tomem certas decisões em suas vidas,

Da mesma forma, sendo, total ou parcialmente, pessoas irracionais, algumas pessoas traem, digamos, por engano, do qual se arrependem profundamente. A estupidez humana, infelizmente, como sabemos, não conhece limites e, às vezes, uma pessoa pode nos trair sem nenhuma razão substancial. Isso, é claro, não muda a essência da questão, mas, no entanto, quando uma pessoa cometeu um erro em maior medida e, em menor medida, traiu alguém deliberada e propositadamente, então, em princípio, ela pode ser perdoada. Embora, é claro, no futuro você terá que estar alerta com ele, porque não pode mais haver confiança total em tal pessoa. Você e eu não podemos esperar que esta ou aquela pessoa, que nos traiu por causa de sua inconsciência, de repente, sem razão alguma, verá com clareza e será possível começar a confiar nela. Se isso acontecer, é muito raro e com apenas algumas pessoas. Portanto, não recomendo que você espere por este pequeno milagre. Você quer perdoar a pessoa que o traiu? Ótimo, adeus. Se ao menos ele merecesse. Mas eu não recomendo que você confie nele no futuro, porque por Deus, neste caso você corre o risco de pisar no mesmo ancinho duas vezes.

Como lidar com a traição?

Quanto à atitude para com a traição, sugiro que você trate este fenômeno, e cada ato traiçoeiro específico, não importa quem seja perfeito – com calma e indiferença. Sim, eu entendo que você pode se opor a mim dizendo que este não é o caso quando você pode manter a calma e ignorar o ato traiçoeiro da pessoa por quem você sofreu muito, especialmente se for uma pessoa muito próxima e muito querida para você. Mas, se você se preparar para tal cenário e não apenas assumir a probabilidade de que qualquer pessoa, mesmo a pessoa mais confiável do seu ponto de vista, possa traí-lo, mas também imaginar isso, então você pode fazer tal desenvolvimento de eventos por si mesmo – a norma e, consequentemente, para prepará-lo. Vocês devem entender, amigos, que tudo gira em torno de nossas expectativas, que são atendidas ou não. É por isso que sofremos quando alguém nos trai. Esperamos uma coisa deles, mas eles nos surpreendem com outra, nos traem, e não estamos preparados para essa punhalada pelas costas. Esse é todo o problema.

As pessoas são imperfeitas, e isso é sabido há muito tempo, e algumas pessoas geralmente acham difícil ser humanas, é muito mais fácil para elas serem animais e se comportarem de acordo. E, portanto, as pessoas, devido à sua imperfeição, na maioria das vezes, em princípio, são por natureza inclinadas à traição. E aquelas pessoas que estão em um nível de desenvolvimento muito baixo são ainda mais propensas à traição, e não apenas à traição, mas também a muitas outras ações ruins. Então, por que esperar algo bom deles? Seria mais correto esperar de qualquer pessoa, em primeiro lugar, o pior, a ação mais mesquinha e inferior, e se preparar para dar uma resposta digna a ela, do que colocar esperanças muito altas, não importa em qual pessoa, e então conseguir chateado porque ele não os justificou … Só podemos esperar boas ações de outras pessoas e nos alegrar em que estão comprometidos por eles e, se possível, retribuem com eles a fim de manter as regras não ditas do comportamento humano na sociedade. Mas é muito ingênuo exigir das pessoas uma certa atitude para consigo mesmas, o cumprimento de algum tipo de obrigação, lealdade, devoção, honestidade, responsabilidade. Afinal, na verdade, ninguém lhe deve nada nesta vida. E não importa quais obrigações esta ou aquela pessoa não se prenda e o que quer que ela pessoalmente prometa a você, ela pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. para manter as regras não ditas do comportamento humano na sociedade. Mas é muito ingênuo exigir das pessoas uma certa atitude para consigo mesmas, o cumprimento de algum tipo de obrigação, lealdade, devoção, honestidade, responsabilidade. Afinal, na verdade, ninguém lhe deve nada nesta vida. E não importa quais obrigações esta ou aquela pessoa não se prenda e o que quer que ela pessoalmente prometa a você, ela pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. para manter as regras não ditas do comportamento humano na sociedade. Mas é muito ingênuo exigir das pessoas uma certa atitude para consigo mesmas, o cumprimento de algum tipo de obrigação, lealdade, devoção, honestidade, responsabilidade. Afinal, na verdade, ninguém lhe deve nada nesta vida. E não importa quais obrigações esta ou aquela pessoa não se prenda e o que quer que ela pessoalmente prometa a você, ela pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. cumprimento de algum tipo de obrigação, lealdade, devoção, honestidade, responsabilidade, isso é muito ingênuo. Afinal, na verdade, ninguém lhe deve nada nesta vida. E não importa quais obrigações esta ou aquela pessoa não acorrente a si mesma e tudo o que ela pessoalmente prometa a você, ela pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. cumprimento de algum tipo de obrigação, lealdade, devoção, honestidade, responsabilidade, isso é muito ingênuo. Afinal, na verdade, ninguém lhe deve nada nesta vida. E não importa quais obrigações esta ou aquela pessoa não acorrente a si mesma e tudo o que ela pessoalmente prometa a você, ela pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. ele pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos. ele pode recusar tudo isso a qualquer momento, por sua própria vontade. Enganamo-nos a nós mesmos quando confiamos de maneira imprudente em outras pessoas e acreditamos nelas de maneira totalmente irracional, depositando nelas nossas esperanças; portanto, sofremos traição, para a qual, na maioria dos casos, simplesmente não estamos prontos.

Claro, cada um de nós pode ter, e via de regra tem, algumas de suas próprias convicções e, a partir dessas crenças, pode avaliar uma ou outra ação de outras pessoas, e até mesmo suas próprias ações. Na verdade, todos temos direito a isso, direito à nossa opinião. Mas nós mesmos nos beneficiamos de ser mais flexíveis em nossas visões da vida, de modo a não tentar espremer tudo o que acontece nela na estrutura estreita de nossa visão de mundo limitada. Tudo, inclusive a traição, tem o direito de existir neste mundo, tudo tem sua própria necessidade, seu próprio benefício e tudo tem seu próprio padrão. Portanto, devemos entender que mentiras e traição são os mesmos fenômenos naturais em nossa vida que seu oposto – honestidade, coragem, responsabilidade, amor. Devemos ser capazes de nos dar bem com todas as pessoas e com todas as suas ações, boas e más. Portanto, repito mais uma vez, você deve tratar a traição com calma e indiferença, preparando-se com antecedência para o fato de que qualquer, repito, qualquer pessoa pode traí-lo. Aceite isso e ninguém poderá deslumbrá-lo com seu comportamento traiçoeiro.

Como sobreviver à traição?

Bem, se você não estava pronto para a traição, e aconteceu que você foi traído, o que fazer a seguir, como sobreviver à traição? Em primeiro lugar, amigos, vejam o padrão do que aconteceu com vocês, não considerem o que aconteceu com vocês como algo que sai de sua imagem do mundo. Se você foi traído, então esse ato teve sua própria razão, não direi que ele tem sua própria justificativa, mas o fato de que ele tem uma explicação é certa. As pessoas são egoístas, covardes, estúpidas, gananciosas, insidiosas e, portanto, sempre terão motivos para cometer uma ou outra má ação, má, por outrem, antes de tudo, mas não por si mesmas. Podemos ser traídos a qualquer momento, ninguém está imune a isso, então não há nada para se surpreender, basta entender o que e por que perdemos de vista que permitimos que alguém nos traísse. Devemos aprender com as nossas derrotas, com os nossos infortúnios, com a nossa dor, para que no futuro não nos permitamos mais a estupidez como a confiança absoluta nas outras pessoas. Portanto, quando somos traídos, eles nos ensinam, nos tornam mais espertos, mais sábios e, portanto, mais fortes, o que significa que os traidores, às vezes sem se darem conta, nos fazem bem.

Assim, a fraqueza e a estupidez de alguém nos fortalecem e, de fato, devemos nos alegrar com isso, nos alegrar por alguém nos ter traído, por mais absurdo que pareça. Afinal, se a vida nos lança grandes provações, deposita grandes esperanças em nós, acredita em nós. E se a própria vida acredita em nós, então por que não devemos acreditar em nós mesmos, por que devemos perceber a traição de outra pessoa, como uma espécie de derrota nossa, como dano causado a nós por alguém? É melhor olhá-lo como uma vitória, e ver neste ato, que não é bom para nós, do qual temos sofrido, novas oportunidades para o nosso desenvolvimento, porque sendo devotados, mudamos de vida, mudando nossa visão sobre isto. Tornamo-nos mais fortes se não morremos após a traição e, via de regra, não morremos por causa dela. Rompemos nosso relacionamento com o traidor ou o transferimos para um nível qualitativamente novo, e essas são possibilidades completamente diferentes, uma vida completamente diferente. E temos uma experiência muito útil para nós, sem a qual, neste mundo cruel, é muito difícil sobreviver. Pessoa devotada, esta é uma pessoa que é sábia pela experiência, é cuidadosa com as pessoas e não confia plenamente nelas, esta é uma pessoa que a vida amadureceu. Assim, amigos, a praticidade de seu pensamento os salvará de emoções destrutivas que obscurecem sua razão e causam a dor que você sente por ter sido traído por outra pessoa ou outras pessoas. é cuidadoso com as pessoas e não confia totalmente nelas, é uma pessoa que a vida amadureceu. Assim, amigos, a praticidade de seu pensamento os salvará de emoções destrutivas que obscurecem sua razão e causam a dor que você sente por ter sido traído por outra pessoa ou outras pessoas. é cuidadoso com as pessoas e não confia totalmente nelas, é uma pessoa que a vida amadureceu. Assim, amigos, a praticidade de seu pensamento os salvará de emoções destrutivas que obscurecem sua razão e causam a dor que você sente por ter sido traído por outra pessoa ou outras pessoas.

Além disso, você deve entender que perto de você e de mim, muitas vezes pode não haver pessoas muito inteligentes que não entendam o que e por que estão fazendo. Essas pessoas traem por engano, ou melhor, por estupidez, sucumbindo à influência das emoções geradas pelos impulsos instintivos que descrevi acima, e muitas vezes seus erros prejudicam não apenas as pessoas ao seu redor, mas também a si mesmas. Erro ou traição? Como distinguir um do outro? Muito simplesmente, você precisa prestar atenção em quão conscientes são as ações desta ou daquela pessoa, em que medida os resultados obtidos por ela justificam, antes de mais nada, suas próprias expectativas. E você deve entender que uma pessoa que prejudica não apenas outras pessoas, mas também a si mesma, não é uma pessoa muito inteligente. Bem, se uma pessoa é apenas uma tola, ela primeiro fará algo e então pensará o que fez. Então, agindo inconscientemente, você pode cometer um número incrível de erros em sua vida, pode trair a todos, inclusive a si mesmo, e depois se arrepender do que fez. Tenho certeza de que você já encontrou pessoas assim em sua vida. E, por assim dizer, ficar ofendido com eles, já é imprudente de nossa parte, pois sua estupidez é seu infortúnio, não sua culpa. Mas ter, com pessoas tão estúpidas, qualquer negócio, se for o caso, então com muito cuidado. Porque, como você mesmo entende, uma pessoa irracional é uma pessoa imprevisível, inconsistente, irresponsável que não merece confiança em si mesma e, com ela, respeito. Agora, se um tolo assim te traiu, ou um tolo, então levar essa traição muito perto do coração é desnecessário. Você não deveria fazer isso. Não dê muita importância a quem não é digno disso. O que tirar de um tolo, por que se ofender com ele, afinal, trata-se de uma pessoa destituída de razão, o que significa que já foi castigada por Deus. Você só precisa tirar as conclusões apropriadas para si mesmo e entender que não deve ter nenhum negócio sério com essa pessoa, que ela nunca mudará e que você não deve esperar nada de bom de um tolo traidor.

Veja, queridos leitores, todo mundo comete erros. Não somos perfeitos. Mas, principalmente, é feito por pessoas estúpidas, das quais, devo dizer, existem muitas em nosso mundo. Portanto, a traição dessas pessoas é sua próxima estupidez. Mas apenas alguns traem deliberadamente. Não são estúpidos, mas são pessoas realmente más. Não faz sentido ser ofendido por tolos, como eu disse, porque sua estupidez prejudica não apenas as pessoas ao seu redor, mas também a si mesmos. Bem, quanto àqueles canalhas que nos traem deliberadamente, por causa de seus próprios objetivos egoístas e freqüentemente mesquinhos, o que posso dizer sobre eles, exceto que, se os encontramos, então tivemos muito azar. Alguns psicólogos recomendam aprender a perdoar seus traidores, o que certamente ajuda a sobreviver à traição, mas é uma solução muito simples. Claro, não faz sentido odiar um traidor também, pois com nosso ódio envenenamos nossa própria alma, mas quanto ao perdão, antes de perdoar alguém, você deve primeiro entender o que exatamente e a quem perdoamos. Bem, digamos, como você pode perdoar um tolo que o traiu por estupidez, se tal pessoa, em princípio, não deve ser levada a sério? Se aconteceu de um tolo te trair, então você não deve perdoar a ele, mas a si mesmo, por acreditar em um tolo, por não ver um tolo em um tolo, por permitir que um tolo te traísse, você, uma pessoa inteligente. Você entende que tipo de lógica deve haver? Perdoar os tolos é, você sabe, um favor demais para eles, porque primeiro você precisa ver um pedaço de razão neles, acreditar nisso, então ser enganado, e só então perdoar aquele que acabou por ser pior do que você esperado. E se você não fez tudo isso,

Quanto aos canalhas e canalhas que traem as pessoas de forma deliberada e às vezes muito cruel, por causa dos seus interesses, então, na verdade, perdoá-los, não que não haja nada para isso, mas não há necessidade. Você vê, um canalha, ele é um canalha, e sempre será, porque esse é o seu papel. Como você pode perdoá-lo, por que perdoá-lo? Para então deixá-lo voltar para você e deixá-lo picar você de novo? O canalha trai porque é canalha, portanto é um traidor, e não se deve perdoá-lo, mas, por assim dizer, marcá-lo como ovelha negra, para que no futuro não se metam com ele e em nenhum caso confie nele em qualquer coisa. É tudo que precisamos fazer para com calma, sem emoções negativas desnecessárias que nos tiram muitas forças e nervos, sobreviver à traição e, tendo recebido uma lição de vida útil, continuar a viver.

E poucas pessoas que, aliás, por inexperiência, irracionalidade, por, por assim dizer, insanidade temporária, sem maldade, pelas circunstâncias prevalecentes, para as quais não estavam preparadas e que os obrigaram a nos trair, em princípio, merece nosso perdão. Eu, em qualquer caso, acredito que essas pessoas podem ser perdoadas. Acontece que só uma pessoa moralmente fraca, por sua fraqueza e covardia, involuntariamente, pode trair vocês, amigos. E então ele se arrependerá loucamente de seu feito, se arrependerá do que fez e ficaria feliz em consertar tudo, mas não pode, para seu e seu pesar. Como você sabe, você não pode mudar o passado. Portanto, ele quer apenas uma coisa – que você o perdoe. Ele não espera de você uma atitude humana em relação a si mesmo que ele não merecia, ele não conta com nada além do perdão, pois ele percebe que o feriu, que agiu muito, muito mal ao traí-lo. Ele entende que agora você não verá mais nele o que você viu antes. E pense, ele carregará esse pesado fardo moral por toda a vida. Ele realmente vai carregar isso dentro de si, amigos, acreditem. Ele, ou ela, se lembrará de seu ato traiçoeiro ao longo da vida, e essas lembranças causarão a essa pessoa a mesma dor intensa que você experimenta ao ser traído. E eu acredito que você e eu não devemos sobrecarregar a vida dessas pessoas, não importa o quanto elas nos traem, e atormentem suas almas com nosso ressentimento contra elas. Portanto, sugiro que você os perdoe, perdoe e deixe-os ir se não quiser mais lidar com essas pessoas. que agora você não verá mais nele o que você viu antes. E pense, ele carregará esse pesado fardo moral por toda a vida. Ele realmente vai carregar isso dentro de si, amigos, acreditem. Ele, ou ela, se lembrará de seu ato traiçoeiro ao longo da vida, e essas lembranças causarão a essa pessoa a mesma dor intensa que você experimenta ao ser traído. E eu acredito que você e eu não devemos sobrecarregar a vida de tais pessoas, não importa o quanto elas nos traem, e atormentem suas almas com nosso ressentimento contra elas. Portanto, eu convido você a perdoá-los, perdoá-los e deixá-los ir se você não quiser mais lidar com essas pessoas. que agora você não verá mais nele o que você viu antes. E pense, ele carregará esse pesado fardo moral por toda a vida. Ele realmente vai carregar isso dentro de si, amigos, acreditem. Ele, ou ela, se lembrará de seu ato traiçoeiro ao longo da vida, e essas lembranças causarão a essa pessoa a mesma dor intensa que você experimenta ao ser traído. E eu acredito que você e eu não devemos sobrecarregar a vida de tais pessoas, não importa o quanto elas nos traem, e atormentem suas almas com nosso ressentimento contra elas. Portanto, eu convido você a perdoá-los, perdoá-los e deixá-los ir se você não quiser mais lidar com essas pessoas. acredite em mim. Ele, ou ela, se lembrará de seu ato traiçoeiro ao longo da vida, e essas lembranças causarão a essa pessoa a mesma dor intensa que você experimenta ao ser traído. E eu acredito que você e eu não devemos sobrecarregar a vida de tais pessoas, não importa o quanto elas nos traem, e atormentem suas almas com nosso ressentimento contra elas. Portanto, eu convido você a perdoá-los, perdoá-los e deixá-los ir se você não quiser mais lidar com essas pessoas. acredite em mim. Ele, ou ela, se lembrará de seu ato traiçoeiro ao longo da vida, e essas lembranças causarão a essa pessoa a mesma dor intensa que você experimenta ao ser traído. E eu acredito que você e eu não devemos sobrecarregar a vida de tais pessoas, não importa o quanto elas nos traem, e atormentem suas almas com nosso ressentimento contra elas. Portanto, eu convido você a perdoá-los, perdoá-los e deixá-los ir se você não quiser mais lidar com essas pessoas.

Então, amigos, se vocês olharem para os atos traiçoeiros de diferentes pontos de vista e, sem sucumbir às emoções, tentarem entender os motivos pelos quais foram cometidos, vocês podem sobreviver a qualquer golpe do destino associado a esse fenômeno. Qualquer maldade, estupidez ou erro cometido por qualquer pessoa pode ser compreendido se você tentar fazê-lo. Mas, claro, entendo que para agir de maneira razoável e não sucumbir às emoções, é necessário lidar primeiro com essas emoções. E aqui eu posso oferecer a você apenas uma solução – entre em contato com psicólogos para obter ajuda. Se você gosta mais de comunicação ao vivo, pode encontrar um bom psicólogo em sua cidade e com a ajuda dele normalizar seu estado interior. E se você quiser usar uma maneira nova, moderna e mais conveniente de resolver seus problemas, Depois de consultar um psicólogo pela Internet, já posso oferecer-lhe os meus serviços, que presto atualmente. Escrever uma carta para um psicólogo, compartilhar com ele seus problemas, suas experiências, sua dor e sofrimento, e então receber dele recomendações práticas e de cura da alma, com as quais você pode sobreviver a quaisquer dificuldades, isso, você vê, não é difícil . É muito mais fácil e ao mesmo tempo mais barato do que ir a uma consulta regular com um psicólogo. Mas, como você deve agir na sua situação, decida por si mesmo, porque você sabe melhor o que quer. Lembre-se de que você tem a oportunidade de obter ajuda psicológica sem sair de casa, portanto, use-a conforme necessário. compartilhe com ele seus problemas, suas experiências, sua dor e sofrimento, e então receba dele recomendações práticas e de cura da alma, com as quais você pode sobreviver a quaisquer dificuldades, isso, você vê, não é difícil. É muito mais fácil e ao mesmo tempo mais barato do que ir a uma consulta regular com um psicólogo. Mas, como você deve agir na sua situação, decida por si mesmo, porque você sabe melhor o que quer. Lembre-se de que você tem a oportunidade de obter ajuda psicológica sem sair de casa, portanto, use-a conforme necessário. compartilhe com ele seus problemas, suas experiências, sua dor e sofrimento, e então receba dele recomendações práticas e de cura da alma, com as quais você pode sobreviver a quaisquer dificuldades, isso, você vê, não é difícil. É muito mais fácil e ao mesmo tempo mais barato do que ir a uma consulta regular com um psicólogo. Mas, como você deve agir na sua situação, decida por si mesmo, porque você sabe melhor o que quer. Lembre-se de que você tem a oportunidade de obter ajuda psicológica sem sair de casa, portanto, use-a conforme necessário. do que ir a uma consulta regular com um psicólogo. Mas, como você deve agir na sua situação, decida por si mesmo, porque você sabe melhor o que quer. Lembre-se de que você tem a oportunidade de obter ajuda psicológica sem sair de casa, portanto, use-a conforme necessário. do que ir a uma consulta regular com um psicólogo. Mas, como você deve agir na sua situação, decida por si mesmo, porque você sabe melhor o que quer. Lembre-se de que você tem a oportunidade de obter ajuda psicológica sem sair de casa, portanto, use-a conforme necessário.

Você, meu caro leitor, como pessoa razoável, tenho certeza de que compreende perfeitamente que é melhor recorrer a um psicólogo para obter ajuda para resolver seus problemas do que derramar álcool sobre eles, ou tentar de alguma forma intoxicar-se para para lidar com sua dor e sofrimento. Não há necessidade de prejudicar sua saúde quando existem maneiras normais de resolver esses problemas. Os problemas devem ser tratados, não abafados. O principal é colocar as coisas em ordem na sua cabeça, então haverá ordem na vida. É difícil sobreviver à traição, eu entendo isso. Mas isso sempre pode ser feito, acredite em mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *